A tradução técnica no processo de internacionalização

 

A globalização, instaurada de forma próxima à era de industrialização, trouxe um novo conceito de comunicação global. Essa conjuntura promoveu a ascensão da área de tradução, mais especificamente de cunho técnico, a qual fomenta, nos mais diversos idiomas, processos de exportação e importação de produtos, distribuição de manuais, tramitações jurídicas, bem como avanços e parcerias internacionais nos âmbitos tecnológicos e de negócios.

 

CARACTERÍSTICAS

 

Como aspecto marcante, o texto técnico tem caráter objetivo voltado ao factual. O estilo exige verbos no presente, períodos curtos, emprego de voz passiva e baixo uso de adjetivações[1]. Embora a tradução técnica não seja literal, ela precisa conter exatamente a mesma mensagem que o idioma de origem[2]. Essa equivalência deve ser alcançada por meio do vasto conhecimento de terminologias e do uso dessas, as quais são o conjunto de termos específicos de cada área. Portanto, é necessário conhecer os padrões internacionais ou o exato correspondente no idioma fim, garantindo precisão na tradução, sem deixar de ter fluência na escrita.

Assim, o texto técnico está diretamente ligado à existência da linguagem técnica contida em cada especialidade, como bem lembra Emile Benveniste ao dizer: “Uma ciência somente começa a existir ou a ser divulgada à medida que impõe seus conceitos e divulga-os por meio de suas respectivas denominações”[3].

 

O TRADUTOR

 

Apesar da busca pela homogeneidade na aplicação terminológica, engana-se quem acredita que esse padrão se faz presente de forma apenas metódica nesses trabalhos. Do mesmo modo que na tradução literária, o tradutor deve ter pleno entendimento sobre o conteúdo além do conhecimento sobre o público-alvo do material, o que é vital para garantir a coerência textual.

Mais do que puramente traduzir, é necessário que o texto seja sustentado pela coesão e pela conformidade entre a terminologia e os padrões locais para a plena condução final do conteúdo.

Neste sentido, a ZAUM possui enfoque, principalmente, nas áreas de TI (incluindo tradução em software), negócios, área jurídica e outras. E, na seleção de seus tradutores, preza a experiência e a alta propriedade dos profissionais de cada área, de forma particular. Isso, aliado aos nossos processos de gestão de projetos de tradução, garante qualidade e agilidade nas traduções feitas por nossa equipe.

Fonte: 

[1] POLCHLOPEK, S; ALO A M. Tradução Técnica, armadilhas e desafios. Santa Catarina, n 19, p. 101-113, 2009

[2] WRIGHT, S. E; WRIGHT D. L Scientific and Technical Translation. Philadelphia: John Benjamins Publishing Company,1993, p. 13

[3] http://www.fflch.usp.br/dlcv/neo/terminologia.html – Termo e terminologia –