CAT TOOLS: ferramentas de auxílio à tradução

De forma básica, podemos definir CAT Tools (Computer-Assisted/Computer- Aided Translation Tools) como programas de computador destinados à tradução ou ferramentas de auxílio à tradução, cuja função mais popular é armazenar uma memória de tradução, isto é, trechos e frases anteriormente traduzidos.

 
 
cat_tools

 

 

Por essa razão esses softwares também são conhecidos como ferramentas de memória de tradução, no entanto, englobam uma série de outros recursos, como análises, pesquisa de concordância, gerenciamento de terminologia, controle de qualidade, função autocompletar, além de outras configurações.

 

Um erro bastante comum é a confusão entre as ferramentas de auxílio à tradução com as ferramentas de tradução automática. As últimas usam algoritmos a fim de realizar uma tradução instantânea sem a necessidade de intervenção humana, e por isso tem baixo grau de precisão linguística e comunicativa. Já as  ferramentas de auxílio à tradução, como o próprio nome indica, funcionam como um material de suporte ao tradutor, de modo que todos os recursos mencionados acima podem ser usados como forma de agilizar o trabalho e dar mais segurança e ele. Isso, porém, não dispensa o conhecimento de terminologias, domínio do idioma e atenção especial ao contexto em que o material a ser traduzido está inserido.

 

Algumas das CAT Tools mais populares são MemoQ, Memsource, OpenTM, SDL Studio e WordFast, e o uso de cada uma delas é determinado pela preferência da agência de traduções, histórico anterior de projetos ou pelas necessidades do cliente em questão.

Em relação a essa diversidade, a ZAUM se adapta a cada cliente, respeitando suas preferências. Além disso, aplicamos o uso dessas ferramentas já nos testes de tradução com fornecedores, a fim certificar a habilidade no manuseio e garantir máxima qualidade na entrega do produto final.