Exportaçãode produtos e serviços: como vencer a barreira da língua

Devido ao atual momento econômico do país, a cada dia as empresas têm enfrentado mais dificuldades em manter as vendas elevadas e assegurar boas margens de lucro. Esse cenário, aliado ao alto valor do dólar, tem feito com que os gerentes comerciais direcionem seus esforços na busca de novos mercados, focando na exportação.

Vender produtos e serviços para outros países não é uma tarefa simples. Além do fato de ser necessário ter um marketing efetivo e buscar outras empresas e pessoas que se interessem pelo negócio, os gerentes comerciais também precisam enfrentar a barreira da língua para conseguirem fechar negócios.

Apresentar a descrição dos produtos e serviços corretamente aos compradores internacionais e negociar em inglês ou no idioma do país de destino das mercadorias é desafiador e estar preparado para isso é fundamental.

Sabendo dessa dificuldade, no post de hoje vamos apresentar alguns aspectos do que você precisa saber para vencer a barreira da língua ao realizar uma exportação. Confira!

Conheça o mercado onde o produto será inserido

O primeiro passo a ser tomado pelos gerentes antes da realização de qualquer exportação é estudar e conhecer o mercado no qual o produto será inserido e comercializado. É de extrema importância que os gestores estudem detalhes do país a ser trabalhado, deve-se buscar entender como é o perfil dos compradores e como eles se comportam com novos produtos e serviços internacionais.

Ao conhecer as particularidades do público do novo país, é possível passar as informações e detalhes sobre os produtos de forma mais efetiva, favorecendo a aceitação dos itens no novo país. Outro ponto importante a ser destacado é que ao conhecer o público consegue-se entender melhor este públiso e suas particularidades culturais, o que ajuda a diminuir as dificuldades linguísticas e permite um posicionamento mais eficaz.

Além disso, na pesquisa de mercado deve ser considerada a localização do site ou do software. Essa localização garante que o produto seja totalmente direcionado ao público, garantindo maior sucesso no novo mercado.

Entenda as leis do novo país

Para exportar produtos para uma nova nação é imprescindível que a empresa exportadora conheça como funcionam as leis e o sistema jurídico no país destino. Por isso, é fundamental que os gestores procurem pesquisar e entender as leis vigentes no país em que os produtos serão inseridos. Caso contrário, eventualmente podem ser cometidos erros na legalização dos itens ou problemas na alfândega.

Para entender melhor as particularidades do novo país e compreender as leis vigentes com exatidão, é muito indicado que a empresa procure especialistas em direito tributário internacional e, sempre que necessário, também com empresas de serviços linguísticos para auxiliar no processo de comunicação. Com a ajuda de uma empresas especializadas em  cada assunto é possível entender o funcionamento do novo país e abordar estratégias que não serão barradas pela fiscalização e poderão proporcionar excelentes resultados.

Realize traduções certeiras e confiáveis

Por último, para garantir o sucesso do produto no novo país, é preciso que os gerentes realizem uma tradução certeira e confiável. Uma dica ao realizar a tradução é proporcionar ao novo mercado as informações tanto em inglês, quanto no idioma falado no país, isso ajuda introdução do produto e sua aceitação.

Para garantir que a tradução seja realizada de forma correta e confiável é muito importante que os gestores procurem empresas especialistas no assunto. Deve-se sempre ter em mente que qualquer erro na descrição do produto, ou informações descritas de forma errônea nos manuais podem prejudicar a imagem da empresa no novo mercado e atrapalhar bastante as vendas.

Aprendeu como vencer a barreira da língua durante a exportação de produtos e serviçosl? Agora assine a nossa newsletter e fique por dentro das melhores dicas para o seu negócio!