Legendagem e tradução

A opção de selecionar ou buscar por legendas é tão corriqueira quando assistimos a um filme, uma série ou até mesmo um material informativo em outro idioma, que raramente paramos para pensar em como aquelas letrinhas camaradas foram parar em nossa tela.

 

A tradução para legendagem faz parte da indústria de tradução audiovisual e hoje, apesar de muito comum, tem um caráter complexo. Assim como na tradução em marketing ou na localização de softwares, o produto exige que, além da tradução interlínguas, haja uma tradução intercultural.

 

 

PROCESSO

 

O processo de tradução para legendagem consiste em manter o áudio original da mídia e inserir, logo abaixo, um texto compactado, levando em conta que o tempo da fala é menor que o utilizado para a leitura desse mesmo trecho traduzido. Tudo isso sem prejuízo semântico, ou seja, o sentido da mensagem original deve ser respeitado.

 

Compactar o conteúdo é essencial para respeitar o timing[1] e o spotting[2] da legenda, além de levar em conta as especificidades do meio no qual o material será veiculado, à medida que esses padrões se restringem a cada meio. Por exemplo, no cinema, há preferência por legendas mais longas, enquanto que para a TV e suas vertentes (canais fechados, DVD etc.) opta-se por legendas mais curtas e segmentadas. Essas aplicações podem ser realizadas em inúmeros softwares de criação e edição de legendas, muitos deles com licença gratuita.

 

 

TRADUÇÃO

 

Num primeiro passo, é aconselhável que o tradutor tenha contato com a mídia a ser legendada e um roteiro a fim de evitar ambiguidades. Nessa fase, serão identificados alguns problemas que possam surgir ao gerar a legenda para o idioma fim.  Após esse primeiro contato, o tradutor monta um glossário com terminologias, no caso de materiais com um vocabulário particular, como um documentário sobre engenharia espacial ou uma série de cunho médico.

 

O tradutor deve respeitar ainda alguns princípios básicos como a especialidade do material, os parâmetros ditados pelo meio de circulação e os prazos e as regras impostas pelo próprio cliente, seja ele uma agência ou o próprio produtor do material.

 

Estabelecer a simultaneidade entre a fala e a legenda não é uma tarefa fácil e é algo que expectadores, com algum conhecimento do idioma de origem, costumam questionar bastante ao notar que, muitas vezes, algumas palavras presentes no discurso do emissor não são exibidas na legenda. Isso ocorre porque a legenda não deve ser uma tradução literal, mas sim frases condensadas.

 

Isso é importante tanto do ponto de vista estético (spotting), como para o alcance da mensagem em relação a um contexto, pois, além da confusão que uma tradução literal pode causar, existe o fato de que a sincronia entre imagem e legenda também é primordial. Afinal, nos veículos audiovisuais, os símbolos e os signos conduzem entendimento ao receptor.

 

Mesmo que o tradutor não seja encarregado de inserir as legendas por meio de programas de legendagem, ele deve ter noção de seu funcionamento e das regras básicas para seguir os padrões e também garantir fluidez na tradução.

 

Com a ZAUM, o seu material audiovisual está em boas mãos. Fazemos a legendagem de vídeos institucionais, aulas, palestras, documentários científicos e outros conteúdos que exijam a garantia da mais absoluta fidelidade e do rigor terminológico, resultante da atuação de tradutores e revisores especializados em diferentes áreas.

[1] Sincronia do tempo de entrada e saída da legenda com a fala.

[2] Diz respeito à disposição da legenda ou segmentação em caráter de exibição e distribuição de caracteres na tela.

 

Fonte:

Tradução para Legendagem, seus problemas e dificuldades

As especificidades do trabalho de tradução na legendagem: uma análise desse processo no filme “Terminator Two: Judment Day”