O Marketing Internacional como auxílio à expansão de seus negócios

Em tempos de globalização, encontrar e explorar mercados estrangeiros que possibilitem crescimento pode significar grandes oportunidades para uma empresa. Para isso, as estratégias de marketing internacional devem ser seguidas cuidadosamente.

Essas estratégias levam em consideração fatores diversos que indicam quais adaptações deverão ser feitas em produtos ou serviços para que ocorra boa aceitação em um novo mercado-alvo.

São muitas as possibilidades que envolvem as estratégias de empresas que se lançam a essas conquistas. E para saber ainda mais sobre como uma estratégia de marketing internacional pode ser essencial para sua empresa, confira este artigo!

 

O que é marketing internacional?

Pensadores como Elinder (1965) e Zou (1994), definem o marketing internacional como a adaptação de estratégias de marketing para alcançar o mercado-alvo de outros países além do seu. O marketing internacional precisa levar em consideração elementos de grande importância, como aspectos econômicos, socioculturais, políticos, legais e tecnológicos.

Embora de maneira arcaica, o marketing internacional faz parte de grandes períodos históricos da humanidade. Os primeiros navegadores marítimos já exploravam diferentes rotas para a Índia com o intuito de encontrar especiarias, como gengibre e canela, que eram vendidas a grandes mercados europeus.

No mundo moderno, o período da Guerra Fria e a queda do muro de Berlim são especialmente significativos para o marketing internacional, já que trouxeram consigo a abertura total a grandes mercados. A potencialização dos Estados Unidos como líder do comércio mundial e a dissolução da URSS são fatores essenciais para que a globalização fosse impulsionada. A partir disto, o comércio de empresas em diferentes nações foi facilitado e ganhou importância fundamental para a saúde financeira no mundo.

 

Como é feita a estratégia de marketing internacional?

Segundo Keegan e Green (2003), a estratégia leva em consideração as adaptações necessárias para que o produto ou serviço possa ser aceito pelo público de determinado país. Produtos alimentícios são grandes exemplos, já que sofrem modificações consideráveis no sabor para que tenham melhor aceitação conforme a cultura gastronômica local.

É indicado um estudo cuidadoso para saber se o mercado-alvo em questão faz parte de grandes blocos econômicos, como a União Europeia ou o Mercosul, já que esta situação traz normas e regulamentos específicos.

A questão cambial é outro fator crucial que deve ser atentando a médio e longo prazo. É preciso avaliar como a variação cambial pode afetar o equilíbrio entre seus custos e preços, e, de alguma forma, se proteger contra variações cambiais abruptas. Para isto, é essencial estudar as projeções do mercado em questão e também se informar muito sobre outros aspectos, como a legislação local, incluindo a tributária.

Tão importante quanto estes pontos, é a adoção de idiomas estrangeiros. Entender os contextos linguísticos, gestuais, de expressão e ideológicos é algo fundamental para que não ocorram grandes ruídos na comunicação de forma geral.

Peças publicitárias, por exemplo, devem considerar fatores culturais para serem aceitas. Um bom exemplo em ruído de comunicação, poderia ser a utilização publicitária da cor branca que, enquanto no Brasil é denota luxo, conforto ou saúde, na China é uma cor tradicionalmente utilizada para simbolizar a morte.

Estes elementos linguísticos devem fazer parte de uma tradução bem estudada e elaborada que funcione tanto para a entrada em mercados internacionais, quanto para o interesse de empresas estrangeiras no produto ou serviço oferecido.

 

Como o marketing internacional ajuda na expansão dos negócios?

Encontrar possibilidades que auxiliem a busca de novos mercados é um dos principais motivos para que as empresas apostem no marketing internacional. Muitas vezes o mercado interno não traz grandes projeções de crescimento. Sair desta estagnação rumo a um novo mercado onde há grandes demandas, torna-se interessante e, em muitos casos, fundamental.

Outro fator interessante é aproveitar o sucesso da marca para alcançar novos países que tenham público-alvo semelhante. Se o sucesso no mercado brasileiro já alcançou liderança em muitos indicadores, por que não aproveitar todo a expertise e inteligência de mercado para galgar novos voos? A internacionalização será, sem dúvidas, um facilitador.

Por fim, vale ressaltar que o investimento em novos mercados, que auxilia na diversificação de risco, pode ajudar a empresa a se manter fortalecida em períodos de crises econômicas. Levando tudo o que foi dito em consideração, a atuação em mercados internacionais traz diversas oportunidades. No entanto, deve ser sempre feita com cautela para ir se conhecendo cada mercado e se adaptando às suas necessidades. Muitas empresas começam efetivamente a internacionalização a partir de uma primeira demanda do exterior. A partir daí, começam a se adaptar.

E então, gostou de saber mais sobre a estratégia de marketing internacional e como ela pode auxiliar o seu negócio? Aproveite para conferir também a importância quanto a contratar uma empresa de tradução para garantir ótimos resultados nos negócios!